Dicas sobre cadeiras

5 tecidos perfeitos para estofar cadeiras, renovar o seu mobiliário!

Partilhar:
Estofar cadeiras é uma forma simples e eficaz de dar uma nova vida ao seu mobiliário, mas também à decoração e ao espaço envolvente.

Além disso, é também um modo mais sustentável e ecológico de cuidar das suas peças de mobiliário. Numa sociedade por vezes tão consumista como a nossa, onde há mínima falha ou problema, a solução acaba por ser muitas vezes, comprar novo; estofar cadeiras - ou outra peça - é sem dúvida um caminho mais responsável. A pensar nisso, apresentamos-lhe os cinco melhores tecidos para estofos de cadeiras de escritório, sem nunca perder a sofisticação e o bom gosto. Ora veja!  

1. Jacquard: Para os que procuram elegância

Em termos de acabamento final, o jacquard tem um aspecto muito parecido com o chenille, um tecido também muito popular na estofagem. Contudo, o tecido jacquard tem a vantagem de ser mais resistente e fácil de limpar, uma vez que o chenille acaba sempre por acumular muito pó e sujidade nas suas dobras. De origem francesa, o jacquard é feito num tear especial, que é composto por um mecanismo de padrão jacquard - e daí o seu nome. Deste modo, são criados tecidos com efeitos e texturas mais espessas e tridimensionais no pano. Este lado mais texturizado, faz com que apresente com frequência padrões e desenhos arabescos, que dão um toque mais trabalhado e requintado a qualquer peça - e ambiente! Hoje em dia, muitos dos padrões são feitos via computador, o que permite obter um resultado final com padrões ainda mais complexos e trabalhados!    

2. Couro: Nunca sai de moda

Sabia que se estima que há mais de sete mil anos que o Homem trabalha o couro?! De origem animal, o couro é sem dúvida um dos mais resistentes e duráveis materiais. Aliás, para muitos, à medida que o tempo vai passando, o couro, mesmo envelhecido, vai ganhando um charme extra. É óbvio que isso também se traduz no preço, sendo possivelmente um dos tecidos para estofos de cadeiras mais caros desta lista. Hoje em dia, o couro de origem bovina está entre os tipos de couro mais usados e isso deve-se, sobretudo, à abundância deste tipo de animal. Contudo, também é possível encontrar couro proveniente de outros animais, como de gado caprino, suíno ou ovino. Para quem quer estofar cadeiras com couro, uma alternativa ao de origem animal, será optar antes pelo sintético. Aparentemente, o couro sintético é muito parecido com o de origem animal, tendo ainda a vantagem de ser bem mais barato! Em contrapartida - não vamos mentir! - não é tão durável!  

3. Seda: Para quem procura luz

Continuando a lista dos tecidos caros, chega agora a vez da seda! Se procura um tecido que seja leve e macio, mas também brilhante, a seda é a escolha ideal. Este é um tecido extremamente delicado e brilhante, que devido à sua estrutura parece que reflete a luz, dando vida a qualquer ambiente. Todavia, antes de decidir usar seda nos estofos das cadeiras, avalie bem o uso que lhe vai dar. Por ser muito delicada e manchar com facilidade, não se recomenda estofar cadeiras com seda, se estas forem usadas com frequência. A verdade é que estofar com seda é uma opção válida para móveis de exposição, onde o seu uso será pontual ou de cariz mais expositivo, por exemplo.  

4. Linho: Ecológico e para sempre

Sem dúvida, esta é uma excelente opção para quem procura uma estofagem sustentável e ecológica.  O linho é um tecido extremamente durável (demora anos até se começar a deteriorar!) e tem ainda a vantagem de não se agarrar ou colocar à pele - ou seja, é perfeito para estofar cadeiras. Extremamente resistente (inclusive às traças), o linho é ideal para ambientes quentes, pois consegue manter sempre o seu frescor, sendo também muito ligeiro. O maior inconveniente é mesmo o seu preço. Contudo, hoje em dia já consegue encontrar opções sintéticas de linho, que o misturam com outros materiais, permitindo, assim, abaixar um pouco o preço sem comprometer a qualidade final.    

5. Veludo: O mais acolhedor

Se aquilo que procura é criar um ambiente aconchegante, mas ao mesmo tempo sofisticado, estofar cadeiras com veludo é uma excelente opção. Além disso, graças ao seu pelo curto, este é também um tecido confortável e muito agradável ao toque. Desde que chegou à Europa vindo da India, crê-se que nos séculos XIII e XIV, o veludo sempre foi um tecido associado ao poder e às elites, sendo usado pelos reis e pelos mais altos dignitários nas suas roupas - inclusive nos mantos reais - mas também noutros elementos decorativos, como tapetes, cortinas e até para estofar o trono real! Mesmo hoje em dia, de vez em quando, o veludo volta a estar na moda e é vê-lo nas mais variadas peças de roupa. Apesar da sua popularidade, tenha em conta que estofar cadeiras com veludo talvez não seja a melhor opção em climas muito quentes, pois acabarão por aquecer em demasia.