Teletrabalho

7 dicas para se concentrar estudando

Partilhar:

Encontrar uma forma eficaz de se concentrar durante o estudo é uma luta comum para estudantes de todas as idades. Muitas vezes, nos perguntamos como é possível que, apesar de passarmos horas na frente dos livros, pouco permanece em nossa memória. Isso soa familiar? Aqui estão sete estratégias comprovadas para potencializar sua concentração e fazer com que cada minuto de estudo conte.

1. Estabeleça um ambiente propício

O ambiente em que você estuda pode fazer ou desfazer sua sessão de estudo. Encontre um lugar tranquilo, bem iluminado e livre de distrações. Mantenha seu espaço organizado e tenha à mão sua gaveteiro de escritório para poder pegar o que precisar. 

Sabia que até mesmo a temperatura e a ventilação podem afetar sua capacidade de concentração? Certifique-se de que seu espaço de estudo não seja nem muito frio nem muito quente. Um ambiente confortável é fundamental para manter a mente focada.

2. Defina metas claras e alcançáveis

Antes de começar a estudar, é fundamental que você defina o que espera alcançar nessa sessão. Estabeleça objetivos específicos e realistas. Por exemplo, em vez de dizer "vou estudar biologia", você pode definir o objetivo de "ler e resumir o capítulo sobre fotossíntese". Ter um propósito claro ajudará você a manter o rumo e sentir um senso de progresso. 

Se o seu estudo diário for marcado por uma meta e não pelo tempo investido, você aproveitará melhor o tempo, tendo depois mais tempo livre para seu lazer, descanso ou esporte. Além disso, evitará dias improdutivos.

3. Técnica Pomodoro: estudia en intervalos

A técnica Pomodoro, desenvolvida por Francesco Cirillo, é um método de gestão do tempo que se mostrou eficaz para melhorar a concentração. Consiste em dividir seu tempo de estudo em blocos de 25 minutos, seguidos de breves descansos de cinco minutos. Esta técnica não só ajuda a manter a concentração alta durante os períodos de estudo, mas também permite que seu cérebro descanse e se recarregue durante os intervalos.

4. Desligue as distrações digitais

Na nossa era digital, as notificações das redes sociais e os e-mails podem ser os maiores inimigos da concentração. Considere desligar seu telefone ou usar aplicativos que bloqueiem distrações durante suas sessões de estudo. Outra opção é deixar seu telefone em um lugar distante e não se levantar da cadeira do seu escritório. Se você espera uma ligação importante, configure seu dispositivo no modo "Não perturbe", permitindo apenas chamadas de números selecionados.

5. Utilize técnicas ativas de estudo

Ler passivamente pode fazer sua mente divagar. Em vez disso, se envolver ativamente com o material pode ajudá-lo a concentrar-se no trabalho. Faça resumos, esquemas ou mapas mentais. Essas técnicas não só ajudarão você a manter a concentração, mas também melhorarão sua capacidade de retenção e compreensão do material. E que tal ensinar o que aprendeu? Explicar o material para outra pessoa é uma excelente maneira de reforçar o que estudou.

6. Mantenha seu corpo ativo

O exercício físico não é apenas bom para sua saúde geral, também pode melhorar significativamente sua capacidade de concentração e memória. Uma caminhada rápida ou alguns minutos de ioga antes de estudar podem oxigenar seu cérebro e ajudá-lo a se concentrar melhor. Além disso, certifique-se de estar hidratado e considere lanches saudáveis como nozes ou frutas que alimentam o cérebro durante o estudo.

7. Reflita e ajuste seus métodos

Por fim, é crucial que você reflita sobre a eficácia de sua abordagem de estudo. O que funcionou? O que precisa mudar? Adaptar e ajustar suas técnicas de estudo permitirá que você encontre o que funciona melhor para você, personalizando assim sua aprendizagem.

Com essas dicas, garanto que você poderá melhorar sua concentração e tornar seu tempo de estudo muito mais produtivo. Pronto para colocá-las em prática e ver como seu desempenho acadêmico muda?